Cirurgia da Pele

A cirurgia estética após a cirurgia ou tratamento da obesidade é o último passo e talvez o mais importante na recuperação da imagem do doente, que vem sofrendo ao longo de vários anos o seu problema de obesidade.

 

A imagem pessoal e autoestima do doente obeso é muitas das vezes abandonada, surgindo na personalidade destes doentes conflitos internos de ordem emocional e afetiva, com isolamento social ou até mesmo a negação de uma vida de relação.

 

Na obesidade a pele sofre um processo de estiramento devido ao aumento da massa adiposa (gordura) com crescimento anormal celular e neoformação vascular decorrente de uma maior necessidade de aporte energético das células adiposas em formação.

 

O índice de massa corporal (IMC) é pois um valor de referência para o diagnóstico de uma obesidade, o qual é calculado a partir do peso em Kg a dividir pelo valor da altura em M2, sendo considerada uma situação de obesidade se esse valor for igual ou superior a 30.

 

 

O que fazer com o excesso de pele gerado pela grande perda de peso?

 

A cirurgia de correção estética no pós-obesidade habitualmente envolve todas as partes do corpo designadamente a face, os braços, as mamas, o tronco, as nádegas e coxas.

 

 

Face

A face sofre um processo de enrugamento/envelhecimento cutâneo que habitualmente poupa as pessoas mais jovens, podendo ser necessários tratamentos com botox na região frontal ou de preenchimento facial com gordura, ácido hialurónico ou outros materiais biocompativeis. Em casos graves poderá ser necessário recorrer a um lifting facial completo.

 

 

Braços

Nos braços vai acontecer que o excesso de pele vai ficar caído só podendo ser resolvido com a retirada desse excesso deixando uma cicatriz ao nível da axila ou ao longo da face interna dos braços, que poderá se estender até ao cotovelo.

 

 

Mamas

Nas mamas a pele em excesso é removida com mastopexia bilateral isolada ou associada a colocação de implantes mamários para repor a volumetria mamária.

 

 

Tronco

No tronco a pele abdominal é removida com abdominoplastia deixando uma cicatriz em T invertido ou âncora ou uma cicatriz na região púbica que se prolonga até à região trocanterica.

 

Por vezes tem que ser feita uma remoção do excesso da pele do dorso em continuidade com a abdominoplastia, prolongando a cicatriz anterior a nível dorsal ao longo da linha nadegueira, sendo que em alguns casos o excesso dermoadiposo dorsal é aproveitado para aumentar a volumetria dos glúteos ou região nadegueira.

 

 

Coxas

Nas coxas o excesso de pele é removido deixando uma cicatriz na região inguinal isolada ou associada a uma cicatriz vertical ao longo da face interna das coxas, podendo a mesma se estender até aos joelhos.

 

 

O que preciso de fazer para realizar esta cirurgia?

 

Primeiramente, terá que ser avaliada por um cirurgião plástico que a ajude a devolver a juventude perdida do seu corpo ou que a ajude a aproximá-la da forma e aparência que idealiza.

 

As pessoas que precisam de correção do contorno corporal, em especial na sequência de perdas de peso pronunciadas após cirurgia bariátrica ou da obesidade, encontram no Dr. Marques Moura um especialista em cirurgia plástica e estética com muita competência e experiência em cirurgia estética do contorno corporal.

 

Se preferir, contacte a Clínica Privada do Hospital da Prelada e marque consulta com o Dr. Marques Moura, que lhe dará todos os aconselhamentos necessários para a realização desta cirurgia.

0

Sem categoria

O Dr. Marques Moura garante a continuidade dos seus cuidados médicos, com toda a segurança, através do novo serviço de videoconsulta.

 

Este novo serviço permite a prestação de cuidados de saúde durante a pandemia de covid-19, garantindo que os utentes continuam a ser acompanhados em segurança, sempre que possível sem necessidade de deslocação física à unidade.

 

A videoconsulta é, de resto, uma aposta do Hospital da Prelada, com benefícios para todos os cidadãos, sobretudo no momento crítico de saúde pública que o país atravessa. 

 

O Dr. Marques Moura assegura consultas de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética que, devido à natureza técnica, não exigem a sua presença no hospital. 

 

 

Quem pode ter videoconsulta?

Este novo serviço é disponibilizado para todas as primeiras consultas ou subsequentes. 

Para além dos nossos clientes em regime privado, já temos acordo para a sua realização com as seguintes entidades:

– ADSE

– Future Healthcare

– Médis

– Multicare

– SAMS Quadros

– Serviço Nacional de Saúde

O Hospital da Prelada continua em articulação com todas as entidades que têm acordo com o hospital, para que possam alargar este novo serviço a todos os seus beneficiários e segurados.

 


Quais as condições para a sua realização?


O Dr. Marques Moura estará no Hospital da Prelada.

Da sua parte é necessário que:

– Tenha email.

– Tenha um dispositivo com câmara de vídeo, microfone e ligação à nternet: smartphone, computador ou tablet.

 


Como se marca a videoconsulta?


Os clientes cujas consultas foram adiadas desde o dia 16 de março, devido à necessidade de suspensão da atividade programada do nosso hospital, serão contactados pelo nosso Centro de Atendimento para reagendamento. 

Todos os clientes que desejem agendar uma videoconsulta (primeira consulta ou subsequente) podem fazê-lo através dos seguintes meios:

– Ligando para 228 330 770 (08h00 às 20h00 | dias úteis).

– Enviando email para centro.atendimento@hospitaldaprelada.pt.

 


Como se realiza a videoconsulta?


Após o agendamento da videoconsulta recebe no seu email uma mensagem com a seguinte informação:

– Confirmação de data e hora da videoconsulta.

– Confirmação do nome do Médico.

– Link através do qual será realizada a videoconsulta.

 

Na data/hora da videoconsulta deve:

1.º Ligar a Internet no equipamento que irá utilizar para a videoconsulta (smartphone, computador ou tablet).

2.º Escolher um local privado, sem ruído e com bom acesso à internet.

3.º Aceder ao email que já lhe enviámos e clicar no link “Join Microsoft Teams Meeting”.

4.º Na página de Internet que abriu clicar em “Participar”.

 

Nesse momento irá ver e ouvir o Dr. Marques Moura. Assegure-se de que tem a câmara frontal ativada e o microfone ligado, para que o Dr. Marques Moura também o(a) possa ver e ouvir.

Se não estiver a ver ou a ouvir o Dr. Marques Moura, por favor aguarde.

O tempo de duração da videoconsulta é igual ao da consulta presencial.

Durante a videoconsulta poderá apresentar relatórios de exames através da câmara ou partilhando-os com o Dr. Marques Moura.

As eventuais prescrições de medicamentos e/ou exames ficam disponíveis na APP do Hospital da Prelada e serão, ainda, enviadas para o seu email.

No final da consulta deve desligar a chamada e fechar a respetiva página de internet.

 


A videoconsulta é segura?


A videoconsulta é realizada através de uma rede segura do Hospital da Prelada e garantimos a proteção dos seus dados, em total cumprimento do Regulamento Geral de Proteção de Dados. É ainda proibida, nos termos da lei, a gravação da videoconsulta por terceiros, em parte ou no seu todo.

 


Qual é o preço?


O custo da videoconsulta é igual ao da consulta presencial. 

 


Como se procede ao pagamento?


A forma de faturação é igual à de uma consulta presencial. 

A sua fatura ficará disponível na APP do Hospital da Prelada e será, ainda, enviada para o seu email. Deve seguir as respetivas instruções de pagamento por referência multibanco.

0

Cirurgia do Corpo

A abdominoplastia é uma cirurgia plástica que pode ser feita em mulheres e homens e, é especialmente indicada para quem perdeu muito peso ou após uma gravidez e ficou com a região da barriga muito flácida. Neste artigo, iremos esclarecer várias dúvidas acerca da abdominoplastia.



O que é uma abdominoplastia?

A abdominoplastia é uma cirurgia em que é retirado o excesso de pele e gordura da parede abdominal (dermolipectomia), vulgarmente designado por “avental” abdominal, podendo então ser reforçada a tensão da parede muscular e recolocado o umbigo, tendo como objetivo melhorar o contorno corporal.



Em que consiste a cirurgia para retirar o “avental” abdominal?

A abdominoplastia, também designada clinicamente por dermolipectomia abdominal é uma cirurgia em que é retirado o excesso de pele e gordura da parede abdominal através de uma incisão abdominal inferior junto da púbis, que pode ir até às espinhas ilíacas e, no mesmo tempo de cirurgia, é reforçada a tensão da parede muscular, que a maior parte das vezes se encontra distendida com afastamento dos grupos musculares (retos abdominais), tendo sempre como objetivo melhorar o contorno corporal.


O umbigo é sempre recolocado na cirurgia de abdominoplastia?

Nem sempre é necessário e muitas vezes em mulheres com boa tensão da parede abdominal, sem grande afastamento muscular (diastase) e que apresentem apenas algum excesso de pele com pequena prega abdominal inferior, pode ser feita uma abdominoplastia mínima ou dermolipectomia simples sem transposição ou recolocação do umbigo e sem qualquer reparação da parede muscular abdominal.



As estrias na pele que por vezes ocorrem após gravidez ou devido às oscilações de peso podem ser retiradas com a abdominoplastia?

Com a abdominoplastia, são removidas apenas as estrias, cicatrizes de cirurgia ao apêndice ou outras e deformidades na pele que se encontrem numa posição ou plano inferior ao umbigo.



Que fatores contribuem para as alterações da parede abdominal?

Vários fatores contribuem para as alterações na parede abdominal, tais como:

  • gravidezes;

  • constantes variações de peso;

  • sedentarismo com ausência de exercício físico.


Estes fatores vão predispor à dismorfia com distensão e ptose ou queda da pele da parede abdominal.



Que tipo de anestesia é usada numa abdominoplastia e qual é o tempo habitual de internamento hospitalar?

A cirurgia é habitualmente feita sob anestesia loco-regional ou geral com duração de 1 a 2 horas e pode ser em ambulatório ou com um tempo de internamento máximo de 2 dias.



Como é feita a cirurgia?

A cirurgia é iniciada com uma incisão na região abdominal inferior (suprapúbica) que se pode estender até às espinhas ilíacas sendo levantada da aponevrose muscular a pele e gordura da parede abdominal, cujo excesso vai ser removido, e o umbigo ao ser poupado é recolocado na sua posição no final da cirurgia, podendo ou não serem deixados drenos durante 1-3 dias.


como se faz uma abdominoplastia

É feita alguma reparação dos músculos da parede abdominal?

A plicatura ou aproximação dos músculos rectos abdominais é efetuada quase sempre que há um afastamento (diástase) dos mesmos devido a uma perda ou diminuição do tónus muscular da parede abdominal, sendo muito comum nas mulheres após a grande distensão da parede abdominal, provocada pelas gravidezes ou em situações de sedentarismo por ausência de exercício físico.



Que cuidados devo ter após a cirurgia?

Após a cirurgia deve ser usada uma cinta compressiva abdominal, podendo ser associada no pós-operatório massagem de drenagem linfática e aplicação na pele e cicatrizes de creme hidratante e de gel de silicone. Deve estar interdita a prática de desportos que envolvam esforço físico por um período mínimo de 1 mês.



Onde ficam as cicatrizes e o que se pode fazer para cuidar das mesmas?

Habitualmente a cicatriz da abdominoplastia é desenhada na parede abdominal inferior ao longo da região púbica e ilíaca de forma a ficar escondida pelo vestuário íntimo.

As cicatrizes devem ser massajadas com cremes hidratantes ou com gel de silicone e é importante fazer a sua proteção solar com cremes de fator total de proteção UV.



Quando posso ver o resultado final?

O resultado é imediato, no entanto devido ao edema ou “inchaço” da parede abdominal no pós-operatório, só será definitivo após um período de tempo nunca inferior a 3 meses, havendo quase sempre uma diminuição ou até mesmo ausência de sensibilidade ao nível da pele da parede abdominal por um período variável de 3 meses a 1 ano.



Como faço para realizar esta cirurgia?

Primeiramente, terá que ser avaliada por um cirurgião plástico. Se preferir, contacte a Clínica Privada do Hospital da Prelada e marque consulta com o Dr. Marques Moura, que lhe dará todos os aconselhamentos necessários para a realização desta cirurgia.

0